fevereiro 09, 2017

Opinião: A persistência da memória, Daniel Oliveira

Título: A persistência da memória
Subtítulo: Uma história de emoções
à flor da pele
Autor: Daniel Oliveira
Editor: Oficina do Livro
ISBN: 9789897411076
Nº de páginas: 240


Sinopse: Camila está em conflito permanente com a sua consciência. Dotada de uma aptidão rara, a que a medicina designa por síndrome de memória superior, tem a capacidade de se recordar ao pormenor de todos os acontecimentos da sua vida, mesmo aqueles que desejaria esquecer. Nesta teia de emoções, onde se misturam passado e presente, amor e perda, culpa e prazer, Camila busca a liberdade que a memória não lhe concede, sobrevivendo entre relações extremas e perversas. Um segredo inconfessável e a frágil fronteira entre sonho e realidade atravessam este romance desconcertante sobre a intimidade de uma mulher perseguida pelas sombras da sua própria história.


Um divórcio, uma viagem para o Brasil, uma mulher bem sucedida com uma super memória capaz de a fazer voltar a todas as sensações que já vivenciou.

A história de Camila é nos contada pela própria, e ao longo do livro temos a sensação que não somos assim tão complicadas, afinal o livro é escrito por um homem a relatar os dramas e ansiedades de uma mulher na primeira pessoa. Mas, como qualquer mulher, o caos continuará a crescer dentro de Camila, bem como a sua memória.
Daniel Oliveira esteve muito perto de saber o que pensam as mulheres, só que não!
"Quando alguém diz que quer ir, já foi."


Daniel Oliveira, nascido em 1981, é a cara do programa Alta Definição, da SIC. Estreou-se na escrita em 2001 lançando o livro 1 Dose Droga 1 Grama Esperança? que relata a sua infância com pais toxicodependentes.


***

Habilita-te a receber um exemplar desta obra
através do passatempo a decorrer até
 15 de Fevereiro de 2017.


Sem comentários:

Enviar um comentário